Saltar os Menus

Notícias

8 de Junho de 2019

Arouca. Notáveis da Minha Terra!

No dia Internacional dos Arquivos, o Arquivo Distrital de Aveiro – ADAVR, em colaboração com a Câmara Municipal de Arouca pelo seu Arquivo Municipal, dedica o mês de junho às personalidades, figuras públicas, notáveis do concelho de Arouca.

Desde a tão venerada Rainha Santa Mafalda, ao fundador dos Cafés “A Brazileira” – Adriano Telles Soares do Vale, selecionamos 29 personalidade do concelho de Arouca de entre as milhares que celebra ao longo da sua história.

“O actual concelho de Arouca é composto por dezassete freguesias e resultou de uma evolução que se processou ao longo de alguns séculos.

O território de Arouca foi povoado desde tempos remotos, como o comprovam múltiplos vestígios pré-históricos encontrados. É, contudo, difícil determinar e estudar os vários períodos da sua ocupação pelos nossos antepassados mais longínquos.

No entanto, a história de Arouca só ganha destaque entre outras terras, a partir da fundação e posterior crescimento do seu Mosteiro e, sobretudo, após o ingresso, na sua comunidade de religiosas, de D. Mafalda, filha do nosso segundo rei, D. Sancho I.

A história de Arouca não pode, por isso, dissociar-se da história do seu Mosteiro. Foi à sua sombra e à sua volta que, durante muitos séculos, grande parte do povo arouquense viveu, trabalhou, rezou e gozou alguns dos seus poucos tempos livres.

Após a morte de D. Mafalda, em 1256, o prestígio do mosteiro continuou, evocando a sua passada protecção, a sua memória, a sua fama de santa e o seu culto.

Foi beatificada em 1792. O seu corpo repousa numa urna, executada em ébano, cristal, prata e bronze, numa das alas da Igreja do Mosteiro, para onde foi trasladada em 1793.”

Fonte: http://www.cm-arouca.pt/portal/index.php?option=com_content&task=view&id=19&Itemid=139


Nº de ordem Nome Notas Soltas Tipologia de documento Data do documento Código de referência do documento
1 Manuel António Coelho da Rocha Historiador e Professor de Direito na Universidade de Coimbra, foi uma das importantes influências doutrinárias que inspiraram a construção do Código Civil Português de 1868. Doutorado em Leis em 1818 e ordenado sacerdote em 1820, foi aprovado por unanimidade para professor da Faculdade de Leis da Universidade de Coimbra em 1822. Fez parte do Conselho Diretor do Ensino Primário e Secundário Português. Dedicou grande parte da sua vida a “ensinar a ensinar”. A primeira Escola de Ensino Preparatório criada em Arouca teve o seu nome. Assento de Batismo 30-04-1793 PT/ADAVR/PARC17/1/5; fólio 65v
2 Augusto Soares de Azevedo Barbosa de Pinho Leal  Ilustre historiador, autor da monumental obra corográfica: «Portugal Antigo e Moderno», em 12 volumes, publicados em Lisboa pela Livraria Editora de Mattos Moreira, entre 1873 e 1890. Apesar de não ser natural do concelho de Arouca, residiu grande parte da sua vida em São Miguel do Mato, deixando vários subsídios para a monografia de Arouca. Pintor dos frescos existentes no teto da Igreja de Santa Eulália, Arouca. Assento de Casamento 26-09-1839 PT/ADAVR/PVFR22/2/7; fólio 186v
3 Manuel Joaquim Soares de Figueiredo Bacharel dormado em Cânones pela Universidade de Coimbra, era muito rico e talentoso; Nomeado para administrador do concelho de Castelo de Paiva. Assento de Batismo 30-03-1801 PT/ADAVR/PARC06/1/4; fólio 99v e 100
4 Rainha Santa Mafalda Infanta e Rainha de Portugal foi beatificada pelo Papa Pio VI em 27-06-1793.; Casou com Henrique I de Castela,mas o casamento não chegou a consumar-se por óbito do marido; Tornou-se monja cisterciense revitalizando o Mosteiro de Arouca; Treslado do testamento da rainha Dona Mafalda 20-11-1332 PT-TT-GAV-16-2-15_m0011
5 Manuel Teixeira de Brito Médico foi Subdelegado de Saúde em Arouca; Recordado pelo seu trato caloroso e humanista para com os seus doentes. Assento de Batismo 07-09-1909 PT/ADAVR/PARC16/1/100; fólio 20v
6 António Teixeira Brandão de Vasconcelos Formado em medicina pela Universidade de Coimbra; Médico Municipal em Colares e São João das Lampas – Sintra; Repúblicano Convicto; Deputado e Senador; Benemérito da região de Colares e de Sintra; Fundador do Sindicato Agrícola da região de Colares; Fundador e primeiro presidente da Adega Regional de Colares Assento de Batismo 17-05-1835 PT/ADAVR/PARC15/1/5; fólios 142v e 143
7 Manuel António Augusto Ferreira Pinto Correia Militar; Combateu ao lado de Machado Santos a 05 de Outubro de 1910 aquando da Implantação da República; Participou na Grande Guerra de 1914-1918 fazendo parte do C.E.P. embarcando para França; Pela sua participação em França foi louvado e condecorado com o Grau de Cavaleiro da Ordem de Torre e Espada, Liberdade e Mérito; Revolucionário  e combatente contra a ditadura foi julgado e deportado várias vezes. Assento de Batismo 18-03-1892 PT/ADAVR/PARC02/1/44; fólio 4 e 4v
8 Manuel António Soares Correia de Noronha Negociante; Capitalista; Espírito aventureiro; Emigrou para o Brasil onde fez fortuna Assento de Casamento 18-05-1883 PT/ADAVR/PARC02/2/55; fólio 6v
9 António de Almeida Brandão Presidente de Câmara de Arouca em 1941; Organizador e promotor das “Festas Oficiais do Município de Arouca – Feira das Colheitas”; Gerente do Grémio da Lavoura de Arouca; Assento de Batismo 1893 29-04-1893 PT/ADAVR/PARC15/1/19; fólio 9v
10 Dom Domingos de Pinho Brandão Professor universitário; Arqueólogo; Historiador de arte; Bispo Português. Inventário Orfanológico por óbito de seu pai Domingos de Pinho Brandão 07-12-1936 PT/ADAVR/TJARC/82/maço 101, proc 17
11 Alfredo Gonçalves de Azevedo Professor; Escritor; Benemérito; Historiador de história local; Apelidado de professor Rosinha. Assento de Batismo 29-07-1907 PT/ADAVR/PARC11/1/87; fólio 15v
12 Albino Tavares de Almeida Médico; Benemérito; Chefe do Gabinete da Imprensa do Secretariado de Propaganda Nacional; Inspector superior das Casas Portuguesas no Estrangeiro; Deixou herança à Câmara Municipal de Arouca, Santa Casa da Misericórdia de Arouca e à Junta de Freguesia de Arouca. Assento de Batismo 01-02-1900 PT/ADAVR/PARC07/1/66; fólio 5
13 Artur Peres de Noronha Galvão Médico do Hospital de Santo António deslocava-se a cavalo pelas serras para ver os seus doentes;Teve alguma atividade política, estando profundamente ligado à construção da Escola de Alvarenga, bem como dos princípios de estrada Alvarenga-Arouca; Proprietário da Mina da Espinheira; Sócio de seu cunhado e sogro no negócio de cafés “A Brasileira” Assento de Batismo 31-08-1869 PT/ADAVR/PARC02/1/20; fólio 11v
14 Reinaldo Soares Correia de Noronha Político, Monárquico; Administrador do Concelho e Presidente da Câmara Municipal de Arouca; Responsável pela construção do atual edifício dos Paços do Concelho de Arouca. Escritura de Divisão de Águas 11-01-1922 PT/ADAVR/CNARC4/001/0079; fólios  20v a 25v
15 Manuel António Fernandes Padre e pároco de Mansores durante 60 anos; Presidente da Junta de Paróquia de Mansores 1º assento que registou o início da paroquialidade em Mansores 26-02-1905 PT/ADAVR/PARC13/3/97; fólio 1v
16 Joaquim de Pinho Brandão Licencidado em Direito pela Universidade de Coimbra; Presidente da Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Arouca; Conservador do Registo Civil de Arouca; Presidente da Comissão Concelhia da União Nacional de Arouca; Provedor da Misericórdia de Arouca; Eleito Deputado à Assembleia Nacional. Assento de Batismo 30-03-1901 PT/ADAVR/PARC19/1/66; fólio 4v
17 Alfredo de Queirós Ribeiro Vaz Pinto Administrador adjunto na Administração Geral dos Correios e telégrafos; Administrador-delegado da Rádio-Marconi; Presidente do Conselho de Administração da TAP; Presidente da Administração e da Mesa da Assembleia Geral da Shell Portuguesa; Ministro do Estado no governo de Marcelo Caetano; Agracediado com diversos títulos, como, Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique Assento de Batismo 22-10-1905 PT/ADAVR/PARC04/1/80;  fólio 22
18 Inácio Teixeira Brandão de Vasconcelos Ilustre Jurista; Fundador da Real Irmandade da Rainha Santa Mafalda Assento de Batismo 02-09-1836 PT/ADAVR/PARC15/1/5; fólio 154
19 Arnaldo Ângelo de Brito Lhamas Advogado;Conservador do Registo Civil e Predial de Arouca; Deputado à Assembleia da República; Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Arouca. Escritura de Convenção antenupcial 26-07-1944 PT/ADAVR/CNARC5/001/0294; fólios  7v a 8v
20 Afonso Pinto de Magalhães Benemérito;Banqueiro; Mecenas da Banda Musical de Arouca e do Futebol Clube de Arouca; Criou uma casa de Câmbios na Praça das flores que mais tarde se transformou no Banco Pinto de Magalhães; Fundou a instituição de apoio à 3ª idade “Lar do Comércio”; Colaborou com o Circulo de Cultura Teatral e a Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto;  Fundador da SONAE;  Dirigente do Futebol Clube do Porto;etc. Escritura de Sociedade Comercial 13-04-1955 PT/ADAVR/CNARC5/001/0349; fólio 61 a 63
21 Adriano Telles Soares do Vale Empresário e comerciante pioneiro e perfeccionista; Emigrou para o Brasil e tornou-se o maior exportador de café do município de Minas Gerais; Em 1898 volta para Portugal onde abre no Porto “A BRAZILEIRA”um dos estabelecimentos mais famosos e chiques da época que se estendeu à”A BRAZILEIRA” do chiado em Lisboa. Inventário de menores por óbito de Guilhermina Fernandes Telles (1ª esposa) 10-10-1901 PT/ADAVR/TJCARC/82/maço 24, proc 23
22 António Luís de Sousa Sobrinho Médico voluntário no Corpo Expedicionário Português da I Grande Guerra; Ao serviço do Estado Português implementou o sistema de saúde pública nas ex-colónias portuguesas; Tenente-Médico miliciano recebeu várias condecorações pelos feitos no salvamento de vidas humanas. Assento de Batismo 30-06-1893 PT/ADAVR/PARC03/1/53; fólio 13v
23 António Teles Pereira de Vasconcelos Director do “Diário Ilustrado”; Governador Civil de Coimbra e da Guarda; Ministro da Justiça e dos negócios Eclesiásticos; Ministro Interino do Reino; Presidente da Comissão Revisora de Contas e do Concelho de Administração da Companhia Real dos Caminhos de Ferro. Assento de Batismo 26-08-1832 PT/ADAVR/PARC2/1/13; fólio 73v
24 José Gomes de Figueiredo Sobrinho Licenciado em Direito na Universidade de Coimbra, integrou o Partido Evolucionista; Presidente da Câmara Municipal de Arouca; Presidente da Comissão Administrativa  Municipal; Governador Civil de Viseu; Conservador do Registo Predial nas Comarcas de Arouca, Oliveira de Frades e Porto. Assento de Batismo 21-06-1861 PT/ADAVR/PARC08/1/7;  fólios 5v e 6
25 Manuel Rodrigues Simões Júnior Médico; Delegado de Saúde; Agricultor; Historiador; Arqueólogo e Etnógrafo; 1º Mesário Diretor do Museu de Arte Sacra de Arouca; Responsável por um dos mais exaustivos levantamentos historiográficos e etnográficos feitos em Arouca. Assento de Batismo 11-09-1891 PT/ADAVR/PARC03/1/51; fólio 14
26 Manuel Pinto de Paiva Madureira Professor interino da escola de Arouca e de Alvarenga; Secretário da Junta da Paróquia de Alvarenga; Escrivão do antigo Juiz ordinário;   Correspondente da “Gazeta de Arouca” adotando o pseudónimo de “Beocio” onde publicou a monografia de Alvarenga e outras freguesias vizinhas; Inventário por óbito 19-01-1913 PT/ADAVR/TJARC/82/maço 50, proc 11
27 Manuel Batista Camossa Nunes Saldanha Licenciado em Leis pela Universidade de Coimbra; Presidente da Câmara Municipal de Arouca; Presidente da Junta de Freguesia de Mansores,Vereador da Câmara Municipal da Feira em 1890 e Presidente desta 1893-189; Administrador do Conselho de Arouca; Chefe do “Partido Regenerador de Arouca; Cofundador do jornal “Correio da Feira”;  1º Visconde de Albergaria de Souto Redondo. Assento de Batismo 24-06-1834 PT/ADAVR/PARC13/1/7; fólio 65v
28 Ângelo Pereira de Miranda Médico Municipal; Sub-delegado de Saúde; Republicano; Impulsionador da Imprensa local de Arouca no sec. XX; Diretor da “Gazeta de Arouca” –  Heblomadário Republicano Democrático desde 1911. Escritura de Compra e Venda 13-03-1922 PT/ADAVR/CNARC4/001/0081; fólios  9 A 10V
29 Leonardo de Sousa Brandão Religiosos na Congregação do Oratório, confessor  da rainha D. Carlota Joaquina;Bispo de Pinhel Assento de Batismo 28-10-1767 PT/ADAVR/PARC20/1/3; fólios 64v e 65
Esta notícia foi publicada em 8 de Junho de 2019 e foi arquivada em: ADAVR, Documento em destaque, Geral.

Arquivo Distrital de Aveiro