Saltar os Menus

Notícias

14 de Maio de 2019

Ovar. Notáveis da Minha Terra!

Exposição Virtual

Ovar. Notáveis da Minha Terra!

O Arquivo Distrital de Aveiro – ADAVR dedica o mês de Maio às personalidades, figuras públicas, notáveis do concelho de Ovar.

Desde a famosa fadista Maria Celeste ao pugilista “Santa Camarão” selecionamos 20 personalidade do concelho de Ovar de entre as milhares que celebra ao longo da sua história.

 

 

“Apesar de não existirem vestígios conhecidos do passado longínquo de Ovar, pensa-se que terá sido habitado desde a Pré-História, uma vez que apresentava condições favoráveis ao estabelecimento das primitivas comunidades humanas, nomeadamente uma linha de costa muito diferente da atual, duas zonas lagunares propícia à caça e à pesca, solos leves e fáceis de trabalhar.

Só existem notícias das populações de Ovar, a partir do séc. XI. Tanto quanto se sabe, o aglomerado de Ovar surgiu da fusão de uma série de aldeias próximas, sendo as mais importantes Ovar e Cabanões.

Terra de lavradores, pescadores, comerciantes de sal e artesãos, Ovar foi crescendo e ganhando importância, tendo recebido foral concedido por D. Manuel I, em 10 de Fevereiro de 1514. No entanto, o grande impulso ao crescimento demográfico da zona verificou-se a partir do século XVIII, em grande parte devido à introdução de novas técnicas de pesca (a Arte Xávega) e de salga e conservação do pescado.

As dificuldades sentidas pelos habitantes de Ovar, na sua luta diária, levaram muitos vareiros a emigrar. Alguns espalharam-se pelos vários portos da costa portuguesa (até ao Algarve), outros percorreram os difíceis e tortuosos caminhos das Beiras e de Trás-os-Montes. Os mais aventureiros atravessaram o Atlântico e tentaram a sorte nas Terras de Vera Cruz.

No século XX, com a industrialização que acelerara sobretudo a partir das décadas de 50 e 60, Ovar transforma-se num concelho totalmente diferente, onde mais de metade da população ativa se emprega no setor secundário, subvertendo profundamente o secular quadro rural e piscatório.

Atualmente, Ovar é um concelho industrial com um leque muito variado de atividades que vão do têxtil e vestuário à metalúrgica e produtos metálicos, da tanoraria à produção de rações e cordoaria, do material elétrico à montagem de automóveis ou ao fabrico de componentes.”

In https://www.cm-ovar.pt/pt/menu/78/um-pouco-da-sua-historia.aspx


Nº de ordem Nome Notas Soltas Tipologia de documento Data do documento Código de referência do documento
1 Francisco Zagalo Médico, principal impulsionador para a criação da Santa Casa da Misericórdia de Ovar e Patrono do atual Hospital de Ovar Assento de batismo 27-05-1850 PT-ADAVR-POVR05-1-59, f 124
2 José Soares Santa (Camarão) Pugilista, ator Assento de batismo 11-01-1903 PT-ADAVR-POVR05-1-227, f 3v
3 João José da Silveira Médico que serviu de inspiração para a personagem “João Semana”, da obra “As Pupilas do Senhor Reitor”, de Júlio Dinis Assento de óbito 29-11-1896 PT-ADAVR-POVR05-3-220, f 62v
4 António do Nascimento da Costa e Silva Tenente-General, 1º Visconde de Ovar. Comandante e combatente em todas as campanhas da Guerra Peninsular e na Revolução Liberal Assento de batismo 25-12-1782 PT-ADAVR-POVR05-1-31, f 20v
5 Bernardo António Pereira Zagalo Marechal de Campo graduado. Oficial da Ordem de Torre e Espada, Comandante do Batalhão Académico da Universidade de Coimbra Comandante e Combatente na Guerra Peninsular Assento de batismo 03-11-1780 PT-ADAVR-POVR05-1-29, f 14v e 15
6 Francisco de Oliveira Gomes Ramada Empresário, Benemérito Assento de batismo 11-09-1888 PT-ADAVR-POVR05-1-149, f 129v
7 António Dias Simões Historiador, Poeta, Dramaturgo Assento de batismo 03-10-1870 PT-ADAVR-POVR05-1-72, f 137
8 Licínio Fausto Cardoso de Carvalho Dramaturgo, Secretário da Junta Provisória de Governo Assento de batismo 19-02-1827 PT-ADAVR-POVR05-1-51, f 35v
9 Januário Godinho de Almeida Arquiteto. Projetos mais emblemáticos: Liceu Carolina Michaëlis (Porto), Palácios da Justiça de Ovar, Lisboa, Tomar, Funchal e Vila do Conde, Mercado de Ovar e Vila do Conde, Plano de Urbanização de Coimbra e da Baixa de Amarante Assento de batismo 02-09-1910 PT-ADAVR-POVR07-1-85, f 44v
10 Comendador António Maria Augusto da Silva Empresário, Benemérito. Financiou o revestimento em azulejo da fachada da Igreja Matriz de Válega Assento de batismo 19-10-1890 PT-ADAVR-POVR07-1-53, f 34
11 Francisco Augusto Marques da Silva Benemérito. Dirigente do Clube Vasco da Gama (BRASIL) e da Associação Desportiva Ovarense, à qual doou o estádio e do qual é patrono. Benemérito ainda da Santa Casa da Misericórida e dos Bombeiros Voluntários de Ovar. Assento de batismo 27-06-1881 PT-ADAVR-POVR05-1-142, f 103
12 Maria Albertina Soares de Paiva Fadista, Atriz Assento de batismo 26-01-1909 PT-ADAVR-POVR05-1-251, f 11
13 Manuel de Oliveira Arala e Costa Autarca e Deputado. Principal responsável pelo desenvolvimento das infraestuturas rodoviárias e abastecimento de águas do concelho de Ovar, incluíndo a rua que liga a antiga vila ao Furadouro e o Chafariz “Neptuno” Assento de óbito 28-04-1901 PT-ADAVR-POVR05-3-243, f 20v
14 Padre Manuel Eliano Gomes Férrer Padre, Benemérito. Emigrado no Brasil durante grande parte da sua vida, onde adquiriu uma avultada fortuna, doou-a em testamento à Santa Casa da Misericórdia de Ovar Assento de batismo 25-03-1825 PT-ADAVR-POVR05-1-50, f 278
15 António Bernardino de Carvalho Advogado, Político, Escritor, Juiz. Pai de Licínio de Carvalho, foi soldado Liberal, tendo sido por isso forçado a exílio no estrangeiro por cinco anos (1828-1833). Foi Oficial-Maior das Secretarias do Reino, Secretário da Sub-Prefeitura da Feira, Juiz em Ovar e Santo Tirso e Governador Civil do Distrito de Aveiro. Assento de batismo 05-03-1802 PT-ADAVR-POVR05-1-44, f 8
16 José d’Oliveira Lopes Empresário, Benemérito. Fundador da Escola (atual museu) “Oliveira Lopes”, em Válega, mandada construir, juntamente com o seu irmão, com os seus patrocínios. Fez parte dos fundadores da Misericórdia de Ovar. Registo de Passaporte 05-05-1898 PT-ADAVR-AC-GCAVR-H-D-001-0011 f 341
17 Manoel José d’Oliveira Lopes Empresário, Benemérito. Fundador da Escola (atual museu) “Oliveira Lopes”, em Válega, mandada construir, juntamente com o seu irmão, com os seus patrocínios. Fez parte dos fundadores da Misericórdia de Ovar. Registo de Passaporte 05-05-1898 PT-ADAVR-AC-GCAVR-H-D-001-0011 f 341
18 Bispo António Valente da Fonseca Bispo de Vila Real. 2º Bispo de Vila Real, autor de várias obras eclesiásticas, das quais se destacam os Estatutos definitivos do Seminário de Vila Real. Responsável pela conclusão da construção deste Seminário, e de vários patronatos infantis e externatos leceais. Assento de batismo 19-11-1884 PT-ADAVR-POVR07-1-48, f 189 e 189v
19 Monsenhor Miguel Augusto de Oliveira Pároco, Jornalista, Escritor, Historiador. Para além de sacerdote, foi Chefe de Redação da publicação “Novidades” e Sócio Correspondente da Academia Portuguesa da História. Em 1945, foi condecorado com o grau de Oficial da Ordem Militar de Santiago da Espada. Assento de batismo 16-12-1897 PT-ADAVR-POVR07-1-54, f 40v
20 Fernando Raimundo Rodigues Político, Autarca, Advogado. Primeiro Presidente da Câmara Municipal de Ovar pós-25 de abril, cargo que ocupou duas vezes. Deputado da Assembleia da República, Governador Civil do Distrito de Aveiro. Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Futebol e da Direção e da Mesa da Assembleia Geral da Associação Desportiva Ovarense. O Pavilhão Multi-Desportos da A.D.O. tem o seu nome, bem como uma avenida em Esmoriz. Ação Judicial Especial 01-01-1973 PT-ADAVR-TJCOVR-144-9853 mç 636 p 19
Esta notícia foi publicada em 14 de Maio de 2019 e foi arquivada em: ADAVR, Documento em destaque, Geral.

Arquivo Distrital de Aveiro