Saltar os Menus

Notícias

21 de Março de 2017

DOCUMENTO EM DESTAQUE – Março 2017

PT-ADAVR-NOT-CNILH3-001-0080_fol.25vO documento em destaque neste mês de março tem a sua origem nos “Registos de Notariado de Ílhavo”, com o título, “Escritura de parceria marítima que fazem Excelentíssimos Alberto Ferreira Pinto Basto, da Ermida, e outros abaixo mencionados”, datado de 9 de janeiro de 1908; Lv. 80; fls., 25v a 28, custodiado no Arquivo Distrital de Aveiro.

Tendo em conta a grande importância que toda esta actividade teve no desenvolvimento económico a nível nacional e internacional, o documento escolhido como referencia, está relacionado com “Seca e benefício do Bacalhau”. Do qual destacamos uma Escritura de Parceria Marítima”, que do ponto de vista histórico-cultural, julgamos ser de grande importância, por nela se descrever a formação e organização de uma das mais importantes sociedades que emergiram na época.

Escritura de Parceria Marítima, feita na Vila de Ílhavo, na rua José Estêvão lavrada no livro de notas do notário António Carlos Fragoso, que fizeram como primeiro outorgante, o Ex.mo Sr. Alberto Ferreira Pinto Basto, da Ermida; Manuel Nunes da Graça, casado, oficial da marinha mercante; Bernardo Razoilo, casado, comerciante; José Joaquim Vaz, proprietário, e Antero Ferreira Duarte, solteiro, proprietário, na qual declaram, que por escritura de compra celebrada em trinta de dezembro, de mil novecentos e oito, no livro de notas do notário António Carlos Fragoso, se fizeram legítimos proprietários de um Iate de nacionalidade portuguesa, denominado “Razoilo”. Compra essa que haviam feito com partes e direitos iguais, e de comum acordo combinaram constituir Parceria Marítima do dito Iate, mediante as condições constantes no contrato descrito na escritura de Parceria. Foram testemunhas, Joaquim António Biu, casado; José António Biu, solteiro, ambos carpinteiros, moradores na Vila de Ílhavo.

Escritura de Parceria Marítima – PT/ADAVR/NOT/CNILH3/001/0080_fol.25v-28

seca do bacalhau Razoilo
Esta notícia foi publicada em 21 de Março de 2017 e foi arquivada em: ADAVR, Documento em destaque, Geral.

Arquivo Distrital de Aveiro